Rede Lopes

Estamos conectados ao maior banco de imóveis compartilhado da América Latina.

Conhaque: sabor e conforto em dias frios

São Paulo, 20 de agosto de 2021

No início deste ano, uma garrafa de conhaque de 1777 foi vendida por R$ 306 mil no site britânico de leilões Whisky.Auction. A bebida fazia parte da valiosíssima coleção de Jacques Hardy, que comandou a casa Hardy por quase 50 anos e faleceu em 2006. Detalhe: o conhaque só foi engarrafado após envelhecer por 100 anos em barris de carvalho e repousar até 1936 em um garrafão. Segundo especialistas, manteve o frescor e o sabor persistente.

Os fãs de um bom conhaque são capazes de pagar fortunas pela bebida, que é considerada uma ótima opção para invernos frios como o deste ano. Adicionar uma dose ao café ou ao chocolate quente pode potencializar a sensação de bem-estar em dias gelados. Para os apreciadores da bebida, o melhor jeito de degustar é mesmo na forma pura, para melhor saborear cada aroma.

As principais categorias de envelhecimento do conhaque são a  XO (Extra Old), com no mínimo 10 anos; V.S.O.P. (Very Special Old Pale), com o mínimo de 4 anos de envelhecimento; e VS (Very Special), standard com no mínimo 2 anos de envelhecimento em barris de carvalho. A cada ano as principais casas produtoras lançam novos rótulos com blends variados de suas eaux-de-vie.

A seguir, conheça alguns dos melhores conhaques ainda sendo produzidos no mundo.

 

Louis XIII

O conhaque feito pela casa Rémy Martin é considerado um dos melhores, senão o melhor, do mundo. O preço é salgado – custa mais de R$ 42 mil -, mas os especialistas garantem que vale cada centavo. Uma garrafa pode conter um blend com até 1.200 tipos de eaux-de-vie que resulta numa sensação que persiste até uma hora no paladar.

Rémy Martin XO

A casa Rémy Martin, fundada em 1724, produz alguns dos melhores conhaques (incluindo o Louis XIII), e o XO é indicado por trazer um blend clássico da bebida, com notas de laranjas cristalizadas, avelãs e canela.

 

Henessy XO Masterpiece

A Maison Henessy foi criada em 1795 por Ricard Hennessy, um oficial irlandês que servia ao exército de Louis XV. Graças às raizes irlandesas, desembarcou em Nova York em 1794, e até hoje é um dos mais vendidos nos Estados Unidos. Com garrafa criada especialmente pelo arquiteto Frank Gehry, o Hennessy XO Masterpiece é um excelente exemplo da mestria da Maison. São apenas 150 unidades.

 

Hine Antique XO

Também do século XVIII, mais precisamente de 1763, a Hine tornou-se conhecida por usar safras únicas em seus blends. Em função desse diferencial, só produz conhaques quando a qualidade das uvas e do vinho branco são inquestionáveis. O Antique XO combina 40 aguardentes produzidas exclusivamente com uvas Grand Champagne.

Courvoisier XO

A Courvoisier, criada em 1835, produz o conhaque preferido de Napoleão Bonaparte: reza a lenda que ele teria visitado a destilaria em 1811 e gostado tanto que teria requisitado a bebida para enviar aos soldados nos fronts. O XO mistura aguardentes envelhecidas entre 11 e 25 anos, e é um dos mais vendidos nessa categoria.

 

Delamain Pale & Dry XO

Fundada em 1762, a Delamain é uma das mais antigas produtoras de conhaque com gestão familiar. Usa uma forma mais pura de confeccionar a bebida, sem o uso de água, e por isso é considerada uma “guardiã” do conhaque. Não é tão conhecida quanto as concorrentes por concentrar esforços em XOs de prestígio. O Delamain Pale & Dry XO tem notas de damasco, laranja e baunilha.

 

Camus Borderies Single-Estate XO

Famosa pela consistência de sua produção desde que foi criada, em 1863, a Camus investe em poderosas combinações que garantem um conhaque forte e aromático, sua marca registrada. O Borderies XO tem notas picantes e de frutas secas, e reúne os melhores eaux-de-vie da propriedade.



Posts recentes

Highlights da Casacor

A Casacor São Paulo deste ano celebra o clima de retomada em grande estilo. Considerada o maior evento de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a mostra está em cartaz no Parque Mirante, que ocupa o rooftop, com vista privilegiada para o Pico do Jaraguá, e mais um dos pavimentos do Allianz Parque. […]

Leia Mais
Cozinhas para conviver e compartilhar

Não é novidade que a cozinha é um dos espaços em que mais se repara na hora de buscar um novo imóvel.

Leia Mais